top of page

Antúrio: dicas de como cuidar dessa planta

O antúrio é uma planta muito cultivada nas casas e que remete ao luxo, hospitalidade e purificação. Com mais de 600 espécies, o gênero Anthurium pode ser encontrado em diferentes cores, que incluem vermelho, rosa, amarelo, branco e verde.


De fácil cuidado, essa planta é muito usada em projetos de paisagismo tanto internos quanto externos. Desde que fiquem a meia sombra e recebam bastante água, os antúrios vivem muito bem e ajudam a dar beleza para vários ambientes.


Quer saber como cuidar corretamente do seu pézinho ou está pensando em colocar uma muda de antúrio no jardim? Então confira algumas dicas de cuidados para lhe ajudar a ter uma planta viçosa e cheia de flores!


O antúrio é tóxico?


Antes de mais nada, é importante lembrar que o antúrio é uma planta tóxica. Isso acontece porque a seiva é composta por oxalato de cálcio.


Assim sendo, seu consumo pode causar náuseas, inchaço, queimação e irritação das mucosas. Por conta desses fatores, os vasos devem ser mantidos longe de pets e crianças que possam vir a colocar a planta na boca.


Mas, lembre-se de que a toxicidade está no consumo. Ou seja, manter a planta no ambiente não causa nenhum tipo de problema!


Qual o melhor lugar para colocar o antúrio?


O habitat natural dessa planta é nas florestas tropicais da Colômbia e Venezuela. Portanto, o antúrio gosta de ficar na sombra mas não dispensa um pouco de luz do sol de forma indireta. Em outras palavras, significa que você pode deixá-lo em meia sombra, conte fique exposto à iluminação natural.


Essa característica faz com que seja muito usado em jardins internos, halls de entrada, sacadas e varandas que sejam iluminadas e cujos raios solares não entrem diretamente.


Onde está a flor do antúrio?


A anatomia da planta não é exatamente como a primeira impressão pode nos dar a entender. Explicando melhor, muita gente acredita que a flor do antúrio seja a parte colorida da planta. No entanto, essa parte trata-se, na verdade, de uma folha modificada.


Desse modo, o antúrio possui o que chamamos de inflorescência que está dividido em três partes:


  • Bráctea: parte colorida, que pode ser vermelha, branca, amarela ou verde, por exemplo. Ela tem essa cor para atrair insetos polinizadores;

  • Espiga: haste amarelada ou esbranquiçada que fica em cima da bráctea e que comporta as flores.

  • Flores: elas são praticamente invisíveis e, por conta disso, possuem a estrutura da inflorescência, que garante a polinização e reprodução da espécie.


Como cuidar de um vaso de antúrio?


Os cuidados com o antúrio e com o mini-antúrio são exatamente iguais, o que muda é o tamanho do vaso. Em suma, essas plantas não demandam grandes esforços, contudo, alguns detalhes podem garantir que ela se mantenha produzindo flores o ano inteiro.


Confira, em seguida, algumas dicas de como cuidar de um vaso de antúrio:


  • Solo: pode ser composto de terra, fibra de coco e substrato orgânico. Aqui, é essencial que tenha boa drenagem. Além disso, deve ser úmido, mas não encharcado.

  • Regas: durante o verão, podem ser feitas até 3x por semana, a cada 2 dias, mais ou menos. Nos meses de frio, essa frequência diminui. Para saber se está na hora de regar, coloque a ponta do dedo indicador dentro da terra, se sair seco, pode dar água.

  • Adubação: o antúrio gosta bastante de fósforo, então você pode dar um adubo do tipo NPK que tenha mais desse mineral na composição. A adubação é feita nos meses de primavera e verão.

  • Poda: não é necessário fazer uma poda nas folhas da planta. No entanto, uma prática comum e recomendada é fazer a retirada das inflorescências quando estiverem secas.


Então, gostou desse conteúdo e quer conhecer mais sobre o cultivo de outras plantas? Se sim, continue acompanhando as novidades aqui do blog da Maison Garden e aproveite para conferir como plantar e cuidar de outras plantas.


6 visualizações0 comentário

Commenti

Valutazione 0 stelle su 5.
Non ci sono ancora valutazioni

Aggiungi una valutazione
bottom of page